quarta-feira, julho 17, 2019

AS PALAVRAS SÃO ARMAS!... usemo-las!

E O MÉXICO?

“A política é o equilíbrio entre a paixão e a razão.”
Andrés Manuel López Obrador

A política, diz-nos Obrador “é tão limpa que nem os mais sujos políticos a conseguiram manchar”.

A corrupção que vem destruindo no seu âmago a já débil democracia, é o Cavalo de Troia do neoliberalismo. Aos governantes venais escancaram-se-lhe os cofres e, perante o povo, os políticos e a política caíram em descrédito abrindo o caminho a devassa maior, o apoliticismo, que, não é mais que a política sem rosto, a outra máscara de neoliberalismo. O Syriza grego, apelidado de esquerda, o Bolsonaro brasileiro “alheio à corrupção”, Macron “banqueiro de mãos limpas” e outros fazendo caminho em Espanha com o Podemos ou em Portugal com o Bloco.

López Obrador afirma que “neoliberalismo é sinónimo de corrupção” presta contas aos mexicanos diariamente, e fez aprovar que, a corrupção é crime grave. A ostentação dos ex-governantes será exposta e já foram leiloadas mansões, carros de gama alta, aviões e o luxuoso avião presidencial está à venda nos EUA.

HAVERÁ MELHOR RAZÃO PARA NÃO SE FALAR DO MÉXICO?


Muito obrigado, Cid!
... e AMLO, claro

1 comentário:

Olinda disse...

Só se falará quando Washington mandar.AMLO é a imagem de uma brisa,um ar fresco que percorre o México ,nada ao jeito de los gringos.Bjo