quinta-feira, novembro 20, 2014

BES e léxico

As audições na AdaR na comissão de inquérito ao BES têm sido, sobretudo por acção do grupo parlamentar do PCP, uma espécie de autópsia do capitalismo regulador, mostrando toda a genética ineficácia e o papel falacioso dos mecanismos e entidades de regulação.

Mas também tem servido para enriquecer as aplicações do léxico:

 «Ministra das Finanças peca por omissões

A diretora do 'Jornal de Negócios' comentou, no 'CM Jornal' de quarta-feira, a ida da ministra das Finanças ao Parlamento, no âmbito da comissão de inquérito ao BES. "A ministra peca por omissões, não por mentir deliberadamente", sublinhou Helena Garrido.» 

Quer dizer, mentir (eventualmente não deliberadamente) será igual ou será o mesmo que omitir.

2 comentários:

Isabel Lourenço disse...

Assisti ao interrogatório à ministra
.Pelos vistos, a culpa de tudo o que se passou e está a passar,nunca lhe poderá ser imputada,pois ela não tem poderes institucionais,para intervir!
Isto é uma omissão ou uma grande MENTIRA!!!!
Grande intervenção do Miguel Tiago!

Olinda disse...

Mentir ou omitir,serâ sempre o poder financeiro a sobreporse ao poder polîtico,

Beijo