segunda-feira, outubro 02, 2017

Campanha pessoal (fecho e abertura nas novas condições)



COMO EM 1985! 
COM A PEQUENA (:-)) DIFERENÇA DE QUE NÃO HOUVE, DESTA VEZ, AUMENTO DE VOTOS... MAS A LUTA CONTINUA CONTÍNUA!

Não apelei ao voto em mim e magoam-me os resultados eleitorais. Reconforta-me a simpatia, o respeito, a amizade, o apoio de quem me conhece e é nosso vizinho, o ambiente por que me sinto envolvido!




6 comentários:

Rogerio G. V. Pereira disse...

Deita as mágoas fora
Mais lutas esperam por nós

Camarada, "vamos embora
que esperar não é saber
quem sabe, faz a hora
não espera acontecer"

Olinda disse...

A luta é feita de recuos e avanços.É da História!Bjo

Raquel Vieira disse...

"As famílias quando lhes nasce um filho,
Desejam-no inteligente.
Eu, que pela inteligência
Arruinei toda a minha vida,
Só tenho a esperança de que o meu filho
Venha a sair
Ignorante e tardo no pensar.
Então terá ele vida tranquila
Como ministro no Gabinete."
Bertolt Brecht

Grande Abraço,
Raquel Vieira

Sérgio Ribeiro disse...

Corrijo-me: não houve aumento SUBSTANCIAL de votos... a análise dos resultados segur dentro de momentos... quando/se houver disponibilidade.

Maria disse...

Como não sei escrever mais nada, deixo-te o meu abraço.

Justine disse...

Excelente conclusão de campanha/continuação de luta!