domingo, fevereiro 10, 2013

Notícias

SIC:

Miguel Cadilhe recebeu mais de 10 milhões de euros para aceitar ser presidente do BPN, em 2008. O valor bruto correspondia à reforma vitalícia a que teria direito, caso continuasse como administrador do BCP, o banco onde trabalhava até àquela altura. Cadilhe esteve à frente do grupo BPN/SLN apenas 6 meses, até à nacionalização do banco. Alguns deputados da comissão parlamentar que investigou o caso chegaram a pedir que devolvesse o dinheiro.

Devolveu?
Ou vai devolver
... em duodécimos?

3 comentários:

Rogério Pereira disse...

Não sei se alguém, antes, falou disto... mas isto devia ser dito e redito até à exaustão... ou aparecer em todas as legendas em que esta peça apareça...

Olinda disse...


Tambêm pergunto,devolveu?Sao tantos os ladravoes,que me faz pensar,porque ê que o povo nao os pune.Pelo menos,nas urnas.


Um beijo

Graciete Rietsch disse...

O Povo parece que ainda não sofreu o suficiente. Lá o vão entretendo com o futebol e o Carnaval. Mas quando se aperceber, será que é tarde?

Um beijoi.