terça-feira, abril 09, 2013

Acabou-se-nos o papel..., sr. ministro das finanças!



"... vão pedir papel aos 
juízes do TConstitucional",
despachará ele!

4 comentários:

Graciete Rietsch disse...

Hoje as notícias são tão más que eu nem consigo fazer qualquer comentário. Apenas, ler,ouvir as opiniões sérias, refletir e continuar a luta uasando todas as minhas possibilidades.

Um beijo.

Olinda disse...

Muito bem Honôrio Novo!


Um bjo

Rogério Pereira disse...

O papel que houver (porque há sempre um, mesmo se no fim da resma) que lhes sirva para redigir o pedido de demissão.

Se não, usem a televisão!

Edgar Carneiro disse...

O Senhor Presidente da República, garante do normal funcionamento das instituições democráticas, permite este ataque, sem precedentes, ao Tribunal Constitucional?
Até que limite de degradação e de destruição será preciso chegar para que o Senhor Presidente utilize os seus poderes constitucionais e devolva a palavra ao povo que o elegeu e lhe confiou a missão de cumprir e fazer cumprir a Constituição?
Depois do Ministro das Finanças ter falhado todas as suas previsões, ser obrigado a rectificar várias vezes o Orçamento, insistir em aplicar medidas consideradas inconstitucionais, ter desbaratado os sacrifícios impostos aos portugueses, permite-se-lhe que por simples despacho coloque em causa o funcionamento normal de serviços públicos essenciais?