domingo, maio 14, 2006

Histórias em cem palavras e 1lustração - 32

Segunda história... esta de encontro!
ESTÁ(ÃO) NOS LIVROS…
Divórcios de parte a parte, sucessivas rupturas afectivas, os amigos comuns olhavam-nos como afectivamente instáveis. Não davam nada por aquilo.

Mas que tinham engraçado um com o outro foi notório. À primeira vista, no primeiro encontro.

Ele telefonou-lhe. Para um segundo encontro. Que marcaram numa livraria. Não se sabe qual deles propôs o lugar...

Trocaram livros como primeira prenda. Riram muito por ter sido o mesmo livro.

Estão reformados, já festejaram bodas de prata e gerem os prejuízos de uma livraria de pequena cidade, com muito esforço, alguma imaginação… e uns cheques que deviam ter outros destinos.

5 comentários:

Anónimo disse...

Os livros aproximam forças, vontades, reforçam amizades.
Despertam amores!
Parabéns ao simpático casal!

Sérgio,
Belíssimas histórias!

GR

Pedro Gonçalves disse...

E os amigos agradecem a vossa companhia que é das melhores coisas que a vida tem (pelo menos a minha).

Skywatcher disse...

Fico feliz por este encontro, de génese literária, ter desta vez resultado bem. É que o anterior desfecho deixara-me triste. Acredito muito nas relações, de todos os tipos, por vezes ingénuamente, confesso, mas acredito. Parabéns ao casal. Também eu celebro este ano, se lá chegar ( Dezembro ), as Bodas de Prata. Puxa, como o tempo passa ( por vezes ) depressa ... !

Unknown disse...

Magnífica síntese para Felicidade, acho eu que vos conheço, unos, há tão pouco tempo. Só não entendo por que não usou ele, ainda por cima sendo ela belíssima, a expressão do texto antecedente “Ele achou-a gira”.

Sérgio Ribeiro disse...

Ó Pedro... tinham de ser só 100 palavras!
Obrigado a todos, em nome dos personagens da história (de ficção...), pelos comentários tão amigos.
Quanto às bodas do prat do skywatcher e "respectiva"... parabéns aos dois. temos de beber issso!