sábado, junho 24, 2006

Seria de antologia...

A cozinha no centro da política internacional

No editorial de hoje do DN, Eduardo Dâmaso critica a influência da mulher Kirsty sobre o presidente Xanana. Eu também achei desbocada a entrevista dada há algumas semanas a uma rádio australiana mas, o que hoje me despertou a atenção, foi o facto de Dâmaso achar que Kirsty só fala na cozinha. Xanana Gusmão "pôs o país em alvoroço dizendo em papel timbrado e com a solenidade das declarações de Estado o que a sua mulher diz habitualmente na cozinha lá de casa". E por que não na sala? Ou no quarto? Ou mesmo na casa de banho? Enquanto um toma duche o outro lava a cara e conversam... Ou será que Kirsty só tem lugar na cozinha como todas as mulheres? Dâmaso admite que Kirsty, além da cozinha, também fala "em incursões pelos bairros pobres de Díli". É aquela costela social que elas também têm...
posted by susana at 22.6.06
Este texto - para que o albergue dos danados me chamou a atenção, e está num outro blog em que susana (a)posta - seria de antologia, sobre o machismo ideológico que nos envenena, se não fosse, também, antológico de como batalhas nossas nos podem distrair ou despriorizar o que, no momento, é fundamental.
Falo de Timor.
Não quero saber se Kirsty é lady ou lord, se falou na cozinha, no salão ou sentada na sanita enquanto Xanana fazia a barba, quero é sublinhar que falou e o que disse, não por ser uma desboca mas por ter sido muito grave - e elucidativo -, embora com a grande vantagem de também ter sido uma verdadeira denúncia anunciada do que o presidencial esposo viria a dizer, depois do que, outros e eles, têm vindo a fazer contra um governo que foi eleito pelos timorenses contra suas excelsas vontades e que contra seus interesses vem governando.
E se é certo que o Eduardo Dâmaso revelou que ainda não teria exorcizado o que temos (ou tivemos) dentro de nós e do berço trouxemos, veja-se que não menos machista é a função distribuída às "primeiras damas" de fazerem incursões pelos bairros pobres e degradados enquanto os "primeiros damos" concretizam as políticas que criam os pobres dos bairros e os degradam.
O que me choca, e de forma em que a angústia se imiscue e só pode ser vencida com a certeza de que as esperanças renascem nas lutas que continuam depois de cada assassínio das esperanças aparentemente concretizadas, é o que têm sido as traições a este povo de Timor. Mas a vitória final não será a dos não vêm lágrimas mas apenas petróleo.

5 comentários:

Anónimo disse...

Penso que o caso é sério demais, para que se possa fazer uma critica sobre atitudes machistas ou se há debates políticos entre a australiana e o marido timorense, numa das dependências da casa!
Na vida política de um país os seus representantes, não tem família, mas sim uma nação para governar! Todo o resto não interessa à população, muito menos ao resto do mundo. Que interessa que um PR esteja (actualmente) a viver com uma senhora estrangeira e que tenha dois filhos??? É irrelevante para a política interna e externa de um país!
Há quanto a mim uma interferência política, entre uma estrangeira e o Governo de Timor. Esta ex-jornalista australiana fez, criticas sobre a política interna, pronunciou-se sobre posições (não difundidas até à altura) do PR de Timor. Criou maior instabilidade com as suas afirmações, quer nacional como internacionalmente.
É triste que a senhora Kirsty Sword, não passe de uma moça de recados do PR timorense. Mas só se confirma o tipo de presidente que Timor tem.
Em que país um PR manda a esposa dar recados, preparar a população, para dias depois ele vir dizer a mesma coisa?
Ou será Kirsty Sword, uma agente australiana e Xanana anda sob as suas ordens!
Seja a situação qual for, o povo de Timor não merecia tal sorte!
Quantos irão que morrer, por não querem estar sob jurisdição da Austrália ?

GR

PC disse...

Bom dia sérgio.Estava aqui as voltas no blog do Pedro Namora e descobri o teu blog camarada.Dei uma vista de olhos e não é que pelo que percebi és dirigente do juventude ouriense? não deixa de ser engraçado, é que também eu jogo hokei patins no alverca e no ano em que voces subiram da 3ª para a 2ª subiram conosco, voces em primeiro e nós em segundo.Estão de Parabéns.Aproveito já agora para mandar um abraço ao vosso futuro G.R Marco (Tuga), muito bom miudo e desejar-lhe felicidade.

Deixando o hokei gostava de te agradecer pela defesa que fizeste durante anos no Parlamento Europeu em defesa do nosso país e abraçando a nossa causa.Um abraço fraterno.Pedro Castro

P.S-Se não te importares vou colocar a a morada do teu blog no meu.

Sérgio Ribeiro disse...

Obrigado, Pedro Castro.
É tão bom receber visitas destas.
E, ainda por cima, temos tantos pontos de contacto. Fiquei contente com as notícias que me dás do Marco, que já me parecera ter "boa pinta", e é isso que privilegio aqui nas minhas andanças de dirigente desportivo: "bons miudos".
Um abraço e até breve

PC disse...

Podes confiar no marco.É um miudo muito trabalhador, excelente companheiro de equipa e com uma sede de ganhar muito grande.Fizeram uma boa escolha.Muito boa Sorte para o vosso campeonato.Já agora através de ti queria que lhe mandasses um abraço do Castro.

yanmaneee disse...

jordan store
cheap nfl jerseys china
longchamp handbags
supreme clothing
retro jordans
nike air max
off white nike
nike jordans
kd 12
nike 270