domingo, setembro 24, 2006

Dois pesos, duas medidas...

Na revista Time, a propósito da celeuma levantada pela sua intervenção, e do que disse sobre Bush, o presidente eleito da Venezuela, Hugo Chavez, lembrou que Bush já lhe chamou coisas piores como tirano, ditador, narcotraficante.

E o facto é que tais ofensas não mereceram qualquer repúdio de ouvidos sensíveis, hoje tão melindrados com a linguagem do presidente venezuelano.

3 comentários:

GR disse...

H.C. nada mais disse que a verdade.
Mas a vingança não se fez esperar. Bush não perdoa!

O Ministro dos Negócios Estrangeiros Venezuelano Nicolás Maduro foi detido no aeroporto JFK de N.Y. Tiraram-lhe os haveres pessoais, os documentos, o passaporte diplomático e a passagem. Bateram-lhe e mantiveram-no preso numa pequena cela, enquanto revistavam todas as malas.
Martín Sánchez, Cônsul da Venezuela em Chicago, também foi revistado durante horas, tendo perdido o avião.
Na próxima 2ª feira, o presidente Hugo Chaves, denunciará formalmente à ONU, o abuso de poder das forças americanas.
Devido a acidentes desta natureza Hugo Chaves Frias reforça o (repetido) pedido, para que a ONU seja transferida para outro país, “onde se respeite a vida humana e o direito internacional”.

GR

Rosa dos Ventos disse...

Hugo Chaves ainda não disse tudo!

Anónimo disse...

Quando se chamam o s bois pelos nomes...
Enfim, são duas peças. Mas o chaves, tss tss, não lembra ao diabo.