domingo, setembro 24, 2006

O espanto!

Na última sessão da Assembleia Municipal de Ourém aconteceu algo que tem sido comentado, pelos que conhecem os "cantos à casa" (ou que sabem "o que a casa gasta"...), como sendo espantoso:

  • uma proposta de um membro da bancada do PS foi aprovada por unanimidade;
  • duas alterações a um regulamento adoptado pelo vereação, propostas pelo eleito da CDU, levaram uma discussão de que resultaram alterações nos dois artigos, e no sentido proposto por esse eleito;
  • uma proposta do eleito da CDU (já referida noutro post deste blog) foi aprovada por unanimidade.

Tão bom seria que isto não espantasse...

4 comentários:

GR disse...

Porque não conheço “os cantos à casa” não percebi “o espanto”.
Mas nas AM, passam-se situações espantosas.
Aqui a AM, tem sempre as dez sessões, começam tarde e terminam por volta das 3h da madrugada! Mas não é isto que espanta!
Certo dia um vogal do PS fez uma Moção, depois de discutida foi à votação a CDU votou a favor, o PS votou contra!
Na declaração de voto, explicaram que se tinham esquecido que foram eles a fazer a dita Moção, pensando que esta era da CDU!
Melhor é impossível!

GR

MrSleeves disse...

Caro "colega", o desejo fica aqui para que, na Assembleia Municipal, se olhe o Concelho primeiro e os partidos depois.
Desejo igualmente as suas melhoras e desculpe se o tratei por você neste "comment":)

Sérgio Ribeiro disse...

Pois o "espanto" resulta da maioria laranja oureense não ter o hábito de votar favoravelmente propostas dos outros "grupos".
Quanto ao meu caro "colega" partilharia o seu desejo se visse incompatibilidade entre as minhas opções partidárias e o que desejo para o concelho.
Agradeço-lhe muito os desejos de melhoras... e vocência pode tratar-me como lhe der jeito (a "nossa presidente é assim)

Lobo Sentado disse...

Tem cuidado, tem cuidado...
quando eles aplaudem e votam a favor... traz água no bico

Um abraço

Luis