terça-feira, janeiro 30, 2007

Esclarecendo...

Então eu esclareço.
Sei bem que, no antigamente, a ideia de um gato (dos domésticos, ou de companhia, como agora se diz) era a de um animal que comia espinhas e outros restos do peixinho deixado pelos donos. Como a ideia do cão, nosso então considerado inimigo irredutível, era a de roer os ossos procurando encontrar alguma carniça sobrante da refeição humana.
Como tudo mudou...
Agora, há as pet shops, há transnacionais que promovem as suas marcas de comidinha para os animais domésticos (de companhia...), que se vendem nas tais shops e, também em todas as grandes superfícies, embora algumas dessas marcas não desçam aí abaixo e sejam exclusivo das ditas shops, das de requinte das de luxo.
Os que se julgam meus donos adaptaram-se bem e eu não me queixo. Já me aconteceu mostrar-lhes claramente que não me agrada esta marca e que prefiro aquela, e eles aceitarem a reclamação.
Mas também vou aprendendo que se a necessidade aguça o engenho, por exemplo na caça aos ratos e outros pasaricos ou passarocos, a saciedade cansa.
Assim sendo, resolvi começar uma experiência vegetariana. O cheirinho, primeiro, dos legumes em sopa e, depois, umas lambiçocadelas nos restinhos deixados nos pratos no lava loiça aguçaram-me os novos apetites.
Eles, os que se julgam meus donos, perceberam (são uns amores...) e começaram a colocar um pratinho no chão com a... minha dose de sopinha. Vai toda e mio por mais.
Está tudo a correr bem. Embora esteja a pensar que talvez estivesse mais confortável se me pusessem um lugar à mesa. Vou pensar nisso... desde que não me obriguem a usar colher!

3 comentários:

Lobo Sentado disse...

Este gajo!
Com estes olhos de carneiro mal morto...
não passa de um interesseiro, bem lhes conheço o género. Se me sento no seu lugar de eleição levo logo monumental mordidela.
E agora vem aquela das "lambiçocadelas"... estou banzado, simplesmente banzado...

CDU Entroncamento disse...

Camarada!
Dá uma vista de olhos pelo nosso site.

http://entroncamentocdu.no.sapo.pt/

Aceitamos críticas!
Ajuda a divulgar.
Um abraço.

António Ferreira

GR disse...

Mounty

Não ligues ao teu amigo Luís! Está com um pouquito de ciúmes!
Pois acho muito bem que defendas o teu lugar de eleição!
Mas, falando baixinho para que ninguém nos ouça; quando vires o Luís, mostra-lhe as tuas unhas. “Olhos de carneiro mal morto”??? Vinga-te.

Contudo e independentemente da boa comida que está preparada e cientificamente testada para os animais, penso que se deverá dar também comida da “nossa”, caso seja um animal que se inicialmente cresceu com comida “caseira”. Senão ficam com um olhar triste, desconsolados.
Pois o meu cãozinho come Purina (comida seca), para além dos legumes com arroz, a fruta, pescada ou polvo (não gosta de outros peixes) e carne! Adora manga e camarão, detesta camarão da costa (é do pequeno).
Detesta sopa, sai à dona!

Agora já sei o segredo da tua espantosa beleza, «sopa de legumes»

Mas que olhos…
Para quando uma exposição de fotografia?

GR