quarta-feira, março 15, 2006

"O ASSUNTO"

As certezas sobre que assentam todas as dúvidas.
ou
A ausência de dúvidas assente sobre nenhuma certeza.

Explicar-me-ei melhor se houver quem ache que vale a pena.
Tenho dúvidas...

14 comentários:

Tanita disse...

Penso que a ausência de dúvidas é grave... Se uma pessoa não tem dúvidas é porque não anda a pensar muito sobre as coisas...
Eu sou bombardeada por dúvidas, existenciais ou não, todos os dias.
A única certaza absoluta que existe é, infelizmente, a morte...

Sérgio Ribeiro disse...

Mas quantas incertezas (de quantos) sobre a morte...
Sem essas incertezas não haveria a necessidade metafísica.

Pedro Gonçalves disse...

Confesso que estou curioso.

Anónimo disse...

Como o Pedro tambem me confesso!

Nuno Abreu disse...

também estou no confessionário!

Pedro Gonçalves disse...

Ajoelho-me, confesso os meus pecados. Depois, liberto do peso sujo que antes me corrompia, embrulho a alma com remetente ao céu e descanso tranquilo à sombra das dúvidas que já não tenho.

Pedro Gonçalves disse...

Raismapartam! Onde se lê "remetente" deveria estar "destino".
Foi o destino...

Sérgio Ribeiro disse...

Devo interpretar que estão à espera de explicações cá do man?

Anónimo disse...

Ter dúvidas, é querer saber!
Quanto mais dúvidas temos, mais sabemos!
Mais nos elucidamos, mais aprendemos!
As minhas são tantas!
Dúvidas políticas, sociais, existenciais, mas não sobre a morte!
É para mim uma certeza, depois da morte, nada mais existe!
Refiro-me á nossa consciência, ao nosso “eu”! Termina, acaba, MORRE!
Neste aspecto nunca questionei, nem quem pensa como eu, ou muitos que pensam (com toda a certeza) que há vida depois da morte!
Nem tão pouco alguma vez me interessou, este tema! Leio o Saramago, com o prazer que sempre tenho e chega-me!
Tenho é dúvidas de;
- Como sairemos desta crise económica?
- Alguma vez mais, iremos ter uma verdadeira democracia em Portugal?
- Haverá, seres inteligentes, evoluídos, sem ser o Homem? Noutros Planetas, noutros sistemas solares!
- Haverá justiça para o processo da Casa Pia?
- Havendo cada vez mais “tipos de vírus” quem lucrará com eles?
- Os cientitas quando "fazem" "vírus", não sofrem sabendo que matam milhares de pessoas?
- Porque razão, ainda não há cura para doenças terminais? (Tenho quase a certeza do porquê)!
São dúvidas, simples. Algumas podem transmitir muita ignorância ou até estupidez!
São algumas das minhas dúvidas!
Mas tenho tantas!

GR

betinha disse...

Tenho dúvidas, todos os dias.
Penso demais, estou sempre a questionar...
Pode explicar?

Pedro Gonçalves disse...

O ASSUNTO é grave?

Tanita disse...

Acho que ASSUNTO é muito grave... Vamos lá ver o que o "man" nos diz...

Anónimo disse...

a vida como é vivida implica desassossego. o desassossego tem uma consequência vital, a ironia. que, enquanto orientação admitida, é o único fundamento que não é fundamento. é por isso que é um bom caminho. mas também pode ser que não.

Anónimo disse...

Eu (por agora) tenho 3 certezas:
1ª Não tenho a certeza de nada
2ª Consulta obrigatoria: post: Coisas em saldo oitoxdois no albergue dos danados com respectivo link.
3ª o 'man' tá em pulgas para pôr veneno