sexta-feira, outubro 26, 2007

As iliteracias repentinas e contumazes...

A leitura dos estatutos do Partido Comunista Português parece, por vezes, desencadear, ataques de iliteracia em quem muito letrado/a é.
Permito-me pedir que se leia o que diz o art. 54º, nº1:
"Os membros do Partido eleitos para cargos públicos (...) têm o dever político e moral de prestar contas da sua actividade e manter sempre os seus cargos à disposição do Partido".
Se me dão licença, ajudo:
são os membros do Partido (que ao serem aceites como tal se pressupõe que tomaram conhecimento dos estatutos), e só eles, que têm "o dever político e moral" de manter sempre os cargos para que teriam sido eleitos à disposição do Partido. E o Partido não o esconde dos eleitores, pelo que os eleitores sabem, ou deveriam saber, que, ao votarem numa lista promovida ou participada pelo PCP, com candidatos em sua representação, votam em candidatos que têm esse compromisso, o que reforça a posição de que as candidaturas são de listas, programas, projectos e não de indivíduos representando-se a si próprios, com objectivos e projectos pessoais.
Por isso, quem, sendo membro do PCP, esquece o que teria lido, ou é atacado de iliteracia repentina, e falta ao dever político e moral que assumiu, não pode continuar a merecer confiança política e moral. E se, depois, sendo-lhe isso lembrado, sem que o Partido tenha o direito de lhe retirar o mandato a que se candidatou em sua representação, este/a entra em rota de colisão e em escalada de provocação, necessariamente que tem de cair na alçada da disciplina do colectivo que continua a integrar. Sempre de acordo com os estatutos. Com os procedimentos que estes exigem para defesa dos direitos dos membros. De todos.
Será isto tão difícil de perceber?... e de perceber que quem se faz desentendido dos compromissos que assumiu, além de ignorar deveres morais, está a fazer política, no mau (no pior!) sentido da palavra, que outros sentidos, e excelentes, tem?

6 comentários:

Anónimo disse...

Limpido e claro como a àgua. Muito bom post!

miguel disse...

para quem não quer entender, não há explicação que baste. Mas piores, piores são os que entendem muito bem e ainda assim estimulam a incompreensão.

Anónimo disse...

água

Maria disse...

... ou o oportunismo político, que se arrasta, e arrasta, e arrasta....

GR disse...

Não esquecer que o candidato proposto pelo Partido ou Coligação, vão através do mesmo e não em nome individual, ou seja, quando o cabeça de lista proposto numa eleição, para um cargo público, há sempre uma quantidade que pessoas a trabalharem, fazendo todo o tipo de campanha, mas todos fazem não para o candidato, mas para o Partido ou a Coligação, daí o lugar não ser da pessoa seja cabeça de lista ou não, mas do colectivo. Ninguém é “dono” do lugar, por essa razão há mais proponentes.
Porque no Partido ou CDU, tudo é discutido até à exaustão, só não entende quem não quer ou é porque quer outras coisas!!!

GR

Unknown disse...

走光,色遊戲,情色自拍,kk俱樂部,好玩遊戲,免費遊戲,貼圖區,好玩遊戲區,中部人聊天室,情色視訊聊天室,聊天室ut,成人遊戲,免費成人影片,成人光碟,情色遊戲,情色a片,情色網,性愛自拍,美女寫真,亂倫,戀愛ING,免費視訊聊天,視訊聊天,成人短片,美女交友,美女遊戲,18禁,三級片,自拍,後宮電影院,85cc,免費影片,線上遊戲,色情遊戲,日本a片,美女,成人圖片區,avdvd,色情遊戲,情色貼圖,女優,偷拍,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站,成人論壇,080聊天室,080苗栗人聊天室,免費a片,視訊美女,視訊做愛,免費視訊,伊莉討論區,sogo論壇,台灣論壇,plus論壇,維克斯論壇,聊天室