sexta-feira, setembro 09, 2005

Uma notícia pouco divulgada...

Cuba ofrece 1 100 médicos a Estados Unidos.
Maria Salomé Campanioni
Redacción Digital
Septiembre 2 del 2005, 8:00pm

En un acto de solidaridad y respeto al pueblo de Estados Unidos, Cuba ofreció hoy el envío de más de mil 100 especialistas de Medicina General Integral, quienes podrían llegar en horas de la mañana de este sábado a Estados Unidos, para apoyar en la atención sanitaria a los damnificados por el paso del huracán Katrina. Tal afirmación fue realizada en una comparecencia televisada por el Presidente cubano Fidel Castro, quien destacó que el país está preparado y listo para enviar inicialmente 100 profesionales de la salud, para el aeropuerto internacional de Houston, Texas, el más cercano a la región donde aconteció la tragedia provocada por el huracán Katrina y ampliamente divulgado.


Também servimos para isto. Para dar a conhecer o que é silenciado.
Este gesto, que foi quase ignorado, parece-me significativo. Aliás, a exemplo de outros que Cuba tem feito ao longo dos anos, numa postura de solidariedade efectiva, real, para com os povos. Além de revelar - este gesto como os idênticos - o grande potencial que Cuba conseguiu criar no plano da saúde pública.

18 comentários:

Pedro Figueiredo disse...

sau'de pu'blica? 52o lugar na lista, nada de especial.

quanto 'a oferta, e' obviamente uma provocac,a~o infantil.

a ditadura cubana deixa morrer os seus ao recusar ajuda e ao na~o auxiliar quem na~o esta' na lista oficial, quando as desgrac,as lhe batem 'a porta.

Sérgio Ribeiro disse...

Como o ódio a Cuba extravasa e aqui chega com afirmação infundadas mas, claro, definitivas. São assim os que têm a verdade no bolso ou na cartilha!
Ó Pedro, contenha-se homem. Já agora veja os lugares, no que respeita a esses indicadores de saúde pública, de países que têm o apoio dos EUA e não sofrem um bloqueio deste país há mais de 40 anos.

Anónimo disse...

Hoje USA/Buch, rejeita ajuda gratuita de Cuba, deixando milhares de americanos, numa morte lentamente! O ódio capitalista, no seu apogeu! É triste!!!

Cuba por várias vezes tem demonstrado solidariedade para com outros países, e povos!
Em 1998 o Furacão «Mitch», devastou América Central, estimando-se 400 mil mortos, e muitos milhares de feridos. Cuba envia gratuitamente para os países afectados dois mil médicos, mas o gesto mais nobre de solidariedade,(para mim) foram as 5 500 bolsa de estudo em Medicina, por um período de 10 anos, para os jovens desses países.

Cuba tem 11 mil estudantes estrangeiros bolseiros. Jovens sem recursos nos seus países vão estudar para Cuba, recebendo ainda casa, alimentação, material escolar e tratamento médico sempre que necessário.

Cuba tem ainda na área da medicina (cientificamente muito desenvolvida), muitos milhares de doentes de todos os países do mundo. Os doentes de países com parcos recursos económicos, fazem os tratamentos gratuitos!

É esta a noção da solidariedade cubana, que faz questionar muitos milhões de pessoas que depositam “futilmente” os seus votos nas urnas, elegendo os seus representantes, sem se aperceberem da manipulação da ditadura da informação capitalista e do poder económico.

A democracia não se esgota com o direito ao voto! O direito de partilhar de forma igualitária as riquezas e as oportunidades dessa nação, faz de Cuba o país mais solidário do mundo.

GR

Pedro Figueiredo disse...

o'dio a cuba? pelo contra'rio, gostava muito de la' morar... fosse cuba uma democracia.

acho impressionante como se pode ignorar, por exemplo, que ainda o ano passado um grupo de escritores; filo'sofos; cientistas e outros tenha sido condenado a prisa~o perpe'tua por crimes de pensamento e o se'rgio assobiar para o ar.

quanto 'as informac,o~es infundadas, as minhas sa~o baseadas em orga~os de informac,a~o ocidentais; que te^m o escruti'nio dos seus consumidores livres, e as do se'rgio sa~o da ra'dio oficial do sistema. bem, na~o podia ser mais nenhuma, visto serem proibidas.

Anónimo disse...

Cuba é um excelente país! Todos os cubanos que fogem em barcos superlotados a caminho doe Estados Unidos são uns ingratos! Não sabem o que é viver em liberdade igualitária! Malandros. E ninguém precisa mais que uma rádio e televisão, porque o democrata Fidel e seus muchachos sabem muito bem o que é bom para o país. E quem discordar deve ser encarcerado. Quem fugir do país deve ser considerado um traidor e mais, deve ser fuzilado! Força Fidel, estamos contigo! Abaixo o Imperalismo Americano!

Pedro Figueiredo disse...

direitos humanos em cuba: wikipedia e human rights watch.

isto, obviamente, na~o interessa. o que interessa e' que o sonho comunista esta' a ser vivido.

Elvira disse...

Eu sabia dessa. Triste...

E também não concordo com a diabolização de Cuba. Estive em Timor com a Sra. Danielle Mitterrand (viuva do Presidente francês) onde ela estava como presidente da France Libertés no 1º congesso do CNRT. Ela disse-me que não viu nada de chocante em Cuba, nem as pretendidas jaulas castristas nem nada. E olhem que a senhora é muito agarrada à liberdade dos povos.

Pedro Figueiredo disse...

herm, a elvira estava 'a espera que dessem uma visita guiada das instalac,o~es de reeducac,a~o 'a senhora? sinceramente...

Anónimo disse...

Political persecution
Although exact numbers are hard to determine, several scholars have attempted to estimate the number of political killings committed by Fidel Castro's administration.
The highest estimates are given by R.J. Rummel, Professor Emeritus of Political Science at the University of Hawaii. He gives the number of 73,000 as the mid-point estimate of victims of the alleged democide by the Castro administration. His low and high estimates are 35,000 and 141,000 respectively. [1]
Dr. Armando Lago, of the Association for the Study of the Cuban Economy, cites the following numbers in "The Human Cost of Social Revolution":
15,000 to 18,000 executed for counterrevolutionary activities
1,000 extrajudicial assassinations
250 disappeared
500 died in prison for lack of medical attention
500 murdered in prison by guards
150 extrajudicial assassinations of women.

Querem mais? É isto que o Sérgio Ribeiro defende? É isto que desejava ver em Portugal? Cuba é o seu exemplo de democracia?

Homosexuals are not permitted to join the Communist Party, because being gay is assumed to be contrary to communist ethics.
The Cuban Government established special prison labor camps in 1965 called Military Units to Aid Production (MUAP’s). They were designed to eliminate "bourgeois" and "counter-revolutionary" values in certain segments of the Cuban population, of which gay men were one such segment. While the camps were disbanded in 1968, those who were incarcerated in them continued to be discriminated against by the Cuban government.
Homosexuality can have an adverse impact on a person's professional career in a society where all senior appointments depend on membership in the country's sole legal party. Cuba tolerates neither lesbian nor gay newspapers, nor LGBT organisations. The Cuban Association of Gays and Lesbians, formed in 1994, was suppressed in 1997 and its members were arrested. Being gay is illegal if it causes a "public offence"; this vague law alas led to the arrest of men who are effeminate.

According to Human Rights Watch, the Cuban government has broad authority to restrict freedom of speech, association, assembly, press, and movement. Cuban Justice Minister Roberto Díaz Sotolongo once justified such restrictions as similar to laws that Spain uses to protect its monarchy from criticism. [10].
Cuba's constitution of 1976 makes human rights subservient to the state's political aims. Article 62 states:
None of the freedoms which are recognized for citizens can be exercised contrary to what is established in the Constitution and by law, or contrary to the existence and objectives of the socialist state, or contrary to the decision of the Cuban people to build socialism and communism. Violations of this principle can be punished by law.
Another clause in the 1976 Cuban constitition states that anyone suspected of being prone to commit a crime in the future, as a preventive measure, can be sent to jail indefinitely.
In Cuba, it has at times been illegal to buy food from unauthorized sources. Established as early as 1962, food rationing has been condemned by opponents of the Cuban government as a form of control, since people who rely on the Cuban government for food subsidies may have those subsidies reduced or stopped if they are involved in counter-revolutionary activities. The Supply or Ration Book has controlled the amount and the frequency of Cubans' food purchases. In recent years, however, a largely-tolerated black market and grey market have arisen. Also, economic reforms have been instituted that allow farmers to sell a portion of their production in markets. These changes have loosened the previous regime of rationing.
From the age of sixteen (the legal voting age), every citizen must carry an Identity Card. This passport-like I.D. includes a complete personal history, showing present and past addresses, work history, marital status, and number of children. Castro's critics cite this as a form of oppression.
Permission from the government is required to move to another home or to change jobs. Travel abroad is highly restricted - but still possible - for workers in some fields (healthcare, schools, government) as well as for some dissidents. Castro opposition leader Oswaldo Payá has been allowed to travel abroad to receive his Sakharov Prize, while independent journalist Yndamiro Restano, permitted to leave Cuba to receive an award, has not been allowed to return.

Lobo Sentado disse...

Cuba, um pequeno país cercado pela economia mundial capitalista.
Cuba, um dia, debaixo do domínio americano, sacudiu esse vexame e tentou a sua própria via.
Os bloqueios foram enormes, bem como as ameaças, mas também o foi a resistência.
E quem resiste a um bloqueio sem limites e à atracção do capitalismo internacional ali mesmo à mão?
Cuba conseguiu muitas realizações na formação dos seus cidadãos, mas falhou em múltiplos domínios.
Há problemas graves para enfrentar.
É preciso mais liberdade, mais democracia, é certo. Quem tem toda a que deseja?
É preciso lutar por melhores condições de vida em todos os domínios.
Mas deixo-vos um apelo: permitam que o povo cubano tome esse assunto nas suas mãos.
Com Fidel ou sem ele. Antes ou depois da sua morte.
Por favor não lhe levem a liberdade que, ainda há pouco, foi levada ao Iraque e outras paragens...

Sérgio Ribeiro disse...

Ódio a Cuba?, a esta, à que existe?
Qual quê? Nanja eu, diz Pedro.
Mas não era preciso tanta prova. Até apetece colocar aqui: c.q.d.

Mas eu não queria isto no meu cantinho onde, de vez em quando, gostava de poder passar informações que noutros sítios não passam.
Qual quê!... saltam logo com os bugalhos todos a comentar os meus alhos (isto sem outras conotações, evidentemente... porque, hoje, em Ourém é difícil falar de alhos!);
ele é a rádio oficial do sistema, porque outras estão proíbidas (e tantas por lá há!),
ele os que testemunham que não viram o que "tem de lá existir" só pode ser porque as idóneas fontes ocidentais assim o afirmam, não é porque não exista é porque estão escondidas... eles iam lá mostrar!
(não sei porquê, lembro-me das armas de destruição massiça no Iraque que "tinham de existir" mesmo que ninguém as visse para justificar uma invasão...).
Quanto ao "sérgio assobiar para o ar" deixo a informação - não ao dito Pedro que não pára, não vê, não escuta mas a quem possa interessar - que não sei assobiar para o ar nem quero aprender agora que estou velho. e que não aceitarei o que nunca aceitei.
Mas também acrescento que não são desafios de quem faz de conta que não tem telhados de vidro que me obrigarão a atirar pedras às telhas de vidro das casas onde me reconheço... apesar dessas telhas.
Ponto final!

E voltemos ao tema: sabiam da oferta solidária de Cuba ao povo dos Estados Unidos? E conhecem a resposta?
Sabem quantos médicos cubanos estão espalhados pelo mundo em missão de solidariedade?
Ainda sobre a saúde em Cuba, numa das vezes que lá estive, como simples e totalmente desenquadrado turista, sózinho tive necessidade de recorrer ao serviço de saúde (um ataque de asma tremendo que apenas me deixou entrar num táxi e, incapaz de falar, ser transportado ao primeiro "centro de saúde"), onde fui tratado de modo bem diferente do que vi por aí relatado noutros sítios.
Mas isto é, evidentemente, visto como baixo proselitismo...

Anónimo disse...

E ainda sobre a saúde há dois meses tivemos conhecimento que Cuba não pôde adquirir equipamentos médicos ao Japão porque nestes existia uma minúscula peça cuja patente era norte-americana e os ditos impediram que a aquisição dos mesmos se realizasse, mesquinhos não, nada disso são grandes democratas e a mim não me espanta nada tantas cabeçinhas amantes do Fulgêncio Baptista, se é que sabem quem foi, pois quem é contra a revolução cubana não sabe nada da história de Cuba a não ser o que viu em dois ou três programitas da BBC, ou no CSI miami e acreditam sem pio nisso, piamente portanto.

O 52º lugar de cuba em saúde publica de Cuba é argumento para invalidar a sua acção humanitária, mas o 7º de Portugal também não lhe granja o apoio quando é alvo dos ataques do liberalismo selvagem na lógica do lucro.

A coerência é a principal inimiga do liberalismo.

Sérgio Ribeiro disse...

Caro Marco, como podes ver no meu post, o 52º lugar de Cuba não é em saúde mas no IDH geral, e coloca o País entre os 57 de "desenvolvimento humano elevado". O lugar de Portugal não é o 7º mas o 27º.
Um abraço

Anónimo disse...

But you can also enjoy it through another innovations feature of Playbook.
Here are just a few examples of the kinds of meditation we can experience:
. Apple products include the Iphones, Ipads and Ipods all at
competitive prices.

Here is my weblog :: blackberry playbook

Anónimo disse...

Ronnie Williams is a staff writer for Wireless - Phone - Gallery - offering Latest and Discounted google nexus accessories (also known as wireless
google nexus one accessories) and a lot more accessories for Samsung, Blackberry,
Apple, Nokia and Sony Ericsson. The applications that have been mentioned are readily compatible with nexus 7 device and
these apps provide effective health advice. 65 inches Super AMOLED capacitive touchscreen run
by 16 million colors.

Anónimo disse...

It is a GPS Smartphone and enabled with A-GPS with Google Maps allowing you to navigate through your city,
or an unknown one, with ease. Equipped with the latest 3rd generation Intel Core series processors, a wide selection of ports,
and up to 15 hours of real-world battery life, the T430 is one of the best business notebooks of 2012.
Here's why:Insulting advertising - I don't just mean the old ads
that slam Apple fans (everyone bashes on Apple fans these days).


my webpage :: samsung galaxy s3

Anónimo disse...

In addition, as i - Phone and i - Pad is fast occupying the new market
around the planet and Apple's affect will become a nice halo effect, Apple's
system will be much more perfect than now. Some of the best apple models
which are gaining popularity and which are driving the people crazy include Mac - Book Pro
and Mac - Book Air. You can also watch movies that you've downloaded or play one of many games that are available for the Mac such as The Sims 3.

Here is my page; macbook air

Anónimo disse...

It operates in conjunction with your i - Tunes
account, or you can have a number of other connections, based upon what you want
to view. Click the "Start" button to convert 3GP to apple tv on
Mac. The speed of our broadband lines also remains unknown for the perfect enjoyment of movies in our tests with an average
of clogged lines playback was smooth but the start
time of the film was not at all constant, reaching even to few minutes.