terça-feira, junho 30, 2015

Quantos somos/como estamos - 5

Entrados nesta fase de aproveitamento do estudo, estamos já monetarizados, com as estatísticas das remessas dos emigrantes e a referência à importância, na economia nacional (e também, evidentemente, no perfil da nossa demografia), da população imigrante.
Mas, neste aspecto, a caracterização - ainda que sumária - é ainda mais esclarecedora... e socialmente negativa.

Diminuiram quase 30% os beneficiários de RSI.
Havia abusos ou beneficiários indevidos? Decerto que sim, mas o número desses foi, certamente, inferior ao número dos que, com a evolução da economia - como se verá -, passaram a ser infelizes potenciais beneficiários.




















O rendimento médio disponível das famílias baixou, entre 2010 e 2014, cerca de 10%!






















O indice de Gini, que é indicador que mede a desigualdade na distribuição de rendimentos (coisas das economias e das estatisticas...) agravou-se ligeiramente, e não só ligeiramente como se comprovará de outras maneiras.

contlnua

2 comentários:

Olinda disse...

O RSI deixou de ser da responsabilidade da Seguranca Social,passando a sua atribuicao a ser da responsabilidade das IPSS.Nao sei quais serao os critêrios para a atribuicao do RSI,mas penso,que a mudanca jâ estâ reflectida no grâfico.

Bjo

yanmaneee disse...

bape hoodie
kyrie irving shoes
yeezy boost
adidas superstar shoes
birkin bag
kyrie 6 shoes
yeezy shoes
nike air max 95
cheap jordans
balenciaga sneakers